Prevenir é o melhor Remédio

Conheça como a alimentação pode auxiliar na prevenção de doenças futuras.

Existem diversos alimentos que quando consumidos com freqüência podem prevenir e até auxiliar no tratamento de algumas doenças. Como dizem, “prevenir é melhor do que remediar”.
Especialistas estudam a função dos alimentos e já descobriram que alguns, quando consumidos com freqüência e a longo prazo, podem prevenir doenças como problemas cardíacos, colesterol, triglicérides alto, pressão alta, infecções, diabetes, prisão de ventre, câncer de próstata, útero e mama. E também podem estar agindo como antioxidantes. Esses alimentos são chamados de alimentos funcionais e sua lista é extensa.

Mas lembre-se que nem sempre é possível substituir alimentos por remédios. Depende de cada caso e não podemos induzir a má interpretação do alimento funcional entre a população, achando que somente ele vai sanar a patologia apresentada.

Exemplo de alguns alimentos com propriedades funcionais:

Suco da uva vermelha – previne doenças cardíacas.

Aveia – age contra o colesterol, triglicérides alto, diabetes e prisão de ventre.

Azeite de oliva – auxilia na prevenção do colesterol alto e problemas cardiovasculares.

Alho – auxilia na redução de pressão alta, problemas cardiovasculares, infecções e colesterol alto.

Chá verde (camélia sinensis) – auxilia no tratamento do colesterol.

Salsinha (in natura) – é rica em vitamina C.

Nozes, uva passa, damasco – auxiliam no tratamento de stress.

Castanha do Pará – melhora a concentração, memória, previne o mal de Alzeimer e outras doenças degenerativas.

Melancia, tomate, molho de tomate (quando aquecido) – antioxidante, previne câncer de mama, útero e próstata.

Abacaxi e mamão – auxiliam a má digestão.

Brócolis e iogurte – previne câncer em geral e aumenta a imunidade em todas as idades.

Soja – auxilia na regulagem de hormônios, diminuição do câncer, aumento de imunidade, ajuda no tratamento de colesterol, triglicerídeos alto e desnutrição.
É importante salientar que todos os alimentos são “funcionais”. É preciso descobrir a propriedade de cada um deles.

Quanto mais variada for a alimentação, a presença dos alimentos funcionais contribuirão para a prevenção de doenças futuras ou diminuição das pré-existentes.

Dra. Gislaine Carla do Nascimento Giliberti (CRN 7534) da Odontologia Integrada Lúcia Coutinho.

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.